Blog

23 de Janeiro de 2018

Conheça as novas grifes internacionais para ficar de olho em 2018

Americano baseado em Londres, onde se pós-graduou na prestigiada Central Saint Martins, Michael Halpern é o neodesigner mais quente da vez. Suas criações maximalistas e completamente decoradas com paetês vem sendo usadas por fashionistas como Adwoa Aboah e Giovanna Battaglia – e já lhe renderam inclusive um prêmio de talento emergente do British Fashion Awards, espécie de Oscar da moda britânica. Parte do line-up da semana de moda londrina desde setembro passado, a grife já é hit de vendas em multimarcas de peso, como a Bergdorf Goodman. “Eu amo a era disco, o glamour dos anos 70 e ouvir histórias da minha mãe sobre o Studio 54”, contou Michael à Vogue americana sobre as inspirações de seu trabalho.

Vampire´s wife

Ex-modelo e mulher do cantor Nick CaveSusie Cave aposta em peças ultrafemininas em clima nostálgico – que viraram hit no tapete vermelho, vestidas por mulheres de personalidade forte como a atriz Tilda Swinton e a cantora Florence Welch. Susie não quer reinventar a moda, mas sim resgatar elementos que traduzem a força da mulher: um vestido com modelagem ajustada ao busto e à cintura, comprimento mídi e babados na manga, feito em tons de pedras preciosas, é seu maior hit. À venda no e-commerce thevampireswife.com e na multimarcas londrinas Liberty.

Kwaidan Editions (Foto: Divulgação)

Kwaidan Editions

Baseada em Londres, a grife foi fundada pelo casal Léa Dickely Hung La– que se conheceu enquanto ambos estudavam na prestigiada Royal Academy of Arts da Antuérpia e já passou por grifes como Céline e Balenciaga (La) e Alexander McQueen e Rick Owens (Dickely). Criada há um ano, a marca vai na contramão do fast-fashion e aposta em uma alfaiataria bem-cortada e luxuosa – que já pode ser vista nas araras do Dover Street Market.

Marine Serre (Foto: Reprodução/ Instagram)

Marine Serre

Vencedora da edição de 2017 do prêmio LVMH, a francesa brinca habilmente com a mistura de técnicas, silhuetas e tecidos, em uma moda street, irreverente e colorida. Na coleção vencedora da premiação, por exemplo, referências à indumentária árabe do século 19 foram combinadas ao sportwear dos anos 90 e 2000. Com passagens por Margiela e Dior (sob o comando de Raf Simons), Marine promete ainda dar muito o que falar. “Ela mistura o esportivo e o feminino e realmente fala sobre sua geração”, elogiou Nicolas Ghesquière. À venda no Dover Street Market e na Opening Ceremony.

Eckhaus Latta (Foto: Divulgação)

Eckhaus Latta

Novo hit de NY, a grife vem conquistando clientela jovem e engajada com suas criações enérgicas e tricôs experimentais exibidos por um mix de modelos e amigos da marca, caso do skatista Alex Olson e da artista Maia Ruth Lee, que circulou grávida (e com a barriga à mostra) pelo desfile deverão 2018 da grife. “ Essa variedade de diferentes corpos, gêneros, raças e idades mostra que nossa roupa é real”, diz o nova-iorquino Mike Eckhaus, que comanda a marca ao lado da californiana Zoe Latta. À venda no e-commerce shop.eckhauslatta.com.

Vaquera (Foto: Divulgação)
Vaquera

Finalista da edição de 2017 do CFDA/Vogue Fashion Fund, a grife é comandada por um coletivo formado por quatro estilistas e baseado no Brooklyn. Há duas temporadas, vem apresentando desfiles enérgicos na semana de moda de Nova York, reunindo pessoas comuns para vestir as criações urbanas e cool que são a cara de downtown. “O quarteto faz parte de uma nova onda de grifes que vem repensando o casting, convocando seus amigos – fazendo com que os desfiles tradicionais, com modelos, pareçam antiquados”, escreveu Nicole Phelps, diretora do Vogue Runway. À venda na Opening Ceremony.

Cult Gaia (Foto: Divulgação)

Cult Gaia

Responsável pela bolsa-hit de 2017 no Instagram (o modelo em formato meia-lua Ark), a marca de Los Angeles promete novos acessórios best-sellers para 2018. Comandada pela americana Jasmin Larian, que estagiou com Narciso Rodriguez e Jason Wu antes de fundar a Cult Gaia, a grife (que também oferece roupas) aposta em bolsas de bambu ou acrílico geométricas e coloridas, que estão à venda na Fiverstory, Net-a-Porter e Bergdorf Goodman.

 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *