Blog

26 de setembro de 2017

Importações do setor têxtil e de confecção cresceram 25% até julho

As importações do setor têxtil e de confecção (sem fibra de algodão) aumentaram 25% em volume entre janeiro e julho deste ano, e 6% na comparação entre julho de 2017 e o mesmo mês de 2016, mostrou balanço divulgado no começo do mês de Agosto pela Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (Abit).

Por outro lado, as exportações caíram 7% em volume no acumulado dos sete primeiros meses deste ano e 2,6% na comparação entre julho de 2017 e o mesmo mês do ano diretamente anterior. A associação apurou, ainda, que as importações de vestuário tiveram crescimento expressivo na comparação entre julho de 2016 e 2017, de 68,5%. Nos sete primeiros meses deste ano, a evolução foi de 36%.

Já o volume de exportações neste segmento cresceu 2% nos sete primeiros meses de 2017, em comparação ao mesmo período do ano passado. Na comparação entre junho de 2016 e o mesmo mês de 2017, por outro lado, houve aumento de 5% no volume exportado.

De acordo com o balanço da Abit, segmentos como camisetas, saias e meias mostraram forte alta no volume importado de janeiro a julho deste ano, de 227,9%, 355,8% e 135,2%, respectivamente. O preço médio pago por estas mercadorias mostrou forte queda, de 62,92%, 54,84% e 28,32%, respectivamente.

Fonte: Sindivestuário

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *